Connect with us

Polícia

Em Panorama, casal é multado em R$ 2,4 mil por pescar utilizando método não permitido

Publicado

em

Em patrulhamento náutico com objetivo de coibir a pesca predatória no Rio Paraná, uma equipe da Polícia Militar Ambiental se deparou, neste domingo, com dois pescadores profissionais, um homem, 60 anos, e uma mulher, 62 anos, no reservatório da Usina Hidrelétrica Sérgio Motta, em Panorama.

O casal foi flagrado realizando a recolha de lances de redes em distância de cerca de 95 metros entre um e outro, contrariando a norma vigente, que prevê a distância mínima de 150 metros entre os equipamentos, independente de proprietário.

Sendo assim, foram elaborados dois autos de infração ambiental no valor de R$ 1.207,60 cada por pescar utilizando método não permitido.

Foram apreendidos um barco de alumínio; um motor de popa 15 HP; dois lances de redes com 200 metros de comprimento cada; além de 10,380 quilos de pescados das espécies jacundá, piau, corvina e piranhas, os quais, por terem ficado exposto as intempéries, foram destruídos por serem impróprios para o consumo humano.


Publicidade
Publicidade